desafio

Ainda que a sociedade tenha mudado muito, os estádios de futebol continuam sendo lugares onde o preconceito sobre orientação sexual é muito presente. Sendo assim, como podemos aumentar a visibilidade dessa causa?

 

solução

O Bahia, clube com a maior torcida do Nordeste, em parceria com a EscalaCity+, decidiu levantar a Bandeira da luta pelos direitos LGBTQ+. E foram literais: levaram a Bandeira do movimento para o lugar mais sagrado do esporte, dentro de campo.

execução

Na partida entre Bahia e Fortaleza, as quatro bandeiras amarelas e vermelhas de escanteio do campo da Arena Fonte Nova foram substituídas pela Bandeira LGBTQ+.

Ao mesmo tempo, o Bahia publicou um vídeo mostrando a história do costureiro homossexual e torcedor do Bahia, que foi responsável pela confecção das bandeiras.

resultado

As bandeirinhas impactaram os presentes no Estádio, além de todos que assistiram o jogo pela TV e os assinantes do pay per view. Além disso, a imagem esteve em incontáveis jornais e posts de redes sociais como parte do jogo. O vídeo da ação foi veiculado nos canais Geek Publicitário, Hypeness e PropMark. Além do mais, foi assunto no Fantástico daquele domingo, assim como no portal Globo Esporte.